Quando o intervalo não é a hora de ir no banheiro

Na terra onde o futebol é chamado de ‘soccer’, existe uma final de Copa do Mundo a cada ano, mas se nos Estados Unidos o grito de gol não chama tanta atenção, é a decisão da principal liga de futebol americano do país que faz as famílias e amigos se reunirem em torno de uma TV para ver esportes.

Não importam os times que estejam jogando, isso quase não muda o jeito como os americanos encaram o Super Bowl, como é chamada a decisão da National Football League (NFL). Os números que envolvem esse jogo são impressionantes: 111,3 milhões de pessoas assistiram a edição de 2012 da partida, e é previsto que em 2013, a final entre Baltimore Ravens e San Francisco 49ers, que aconteceu dia 3 fevereiro, tenha movimentado cerca de 11 bilhões de dólares.

Diante de um público tão fidelizado, as principais empresas do mundo não perdem tempo para investir alto nos anúncios para a transmissão do jogo. As marcas que tem o direito de fazer inserções durante a transmissão oficial do Super Bowl lançam algumas de suas principais propagandas nesse dia e elas pagam muito caro por isso. São quatro milhões de dólares por 30 segundos de exposição para o todo o país.

Os altos investimentos tinham que render conteúdos inéditos e cada vez mais atrativos e impactantes para o público. Desde os anos 80 essa relação entre futebol americano e publicidade tem ganho força. Em 1984, durante o Super Bowl XVIII, foi lançada a propaganda histórica da Apple apresentando o Macintosh (abaixo), mostrando o computador como um aparelho revolúcionário e cercando-o de suspense.

O sucesso de propagandas como a da Apple durante o Super Bowl fez muita gente passar a acompanhar as transmissões desse jogo não só por causa do esporte, mas também o que as marcas mais importantes do mundo têm a oferecer para seus consumidores. E se a internet já servia de espaço para os vídeos com os melhores momentos da partida, por que não também utilizar o meio digital para as pessoas verem…os comerciais? Sim, aqueles mesmos que te enchem o saco no Youtube não são apenas um dos momentos mais aguardados das transmissões televisivas, como agora tem reservados um espaço especial na internet.

Logo após a edição de número 47 do Super Bowl, a NFL criou uma página com todos os anúncios exibidos ao longo do jogo. Acessando o site, você pode ver todos eles organizados de acordo com o período do jogo que eles foram exibidos ou de acordo com o número de votos positivos que o comercial recebeu das outras pessoas que acessaram a página.

Clique na imagem e veja a página com todos os 55 comerciais exibidos durante o Super Bowl

Clique na imagem e veja a página com todos os 55 comerciais exibidos durante o Super Bowl

Com pouco mais de duas semanas depois do Super Bowl XLVII e da página no ar, das 55 propagandas no site apenas uma tem menos de 100 mil visualizações, que é uma propaganda da própria NFL. Por outro lado o vídeo da Oreo tem mais de 700 mil visualizações. Os visitantes do site também podem avaliar os anúncios, e o que mais recebeu votos positivos das pessoas até agora foi o da Coca-Cola, seguido pelo da Blackberry e da Budweiser.

O Super Bowl já mudou o modo como as pessoas encaram as propagandas durante as transmissões desse jogo, fazendo a audiência pensar duas vezes antes de ir ao banheiro nos intervalos. Agora esse super jogo explora a internet para fazer desses anúncios um conteúdo mais agradável para as pessoas. E olha que já tem gente que faz questão de não apertar o botão ‘skip ad’ ou ‘fechar anúncio’…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s